A Vida é para Todos

Estudo e monitoramento de animais silvestres em ambientes naturais comportam o encontro de casos carentes de cuidados como medicação, exames,  quarentena, regularização de posse. E de casos cujo socorro, infelizmente, levará ao cativeiro definitivo.

O PRIMAVES – Centro de Acolhimento de Primatas e Aves –  surgiu em apoio a uma atividade de estudo das populações de primatas do Rio Grande do Sul (EPRIM – ICB/UPF). Sua função seria a de abrigar indivíduos sem mais condições de voltar à natureza encontrados no âmbito das expedições da EPRIM (Equipe de Primatas). A abertura do Centro, entretanto, logo atraiu uma demanda latente e difusa. Ao primeiro acolhimento, em 10.08.2004, seguiram-se solicitações provenientes dos mais diversos lugares, agentes e circunstâncias. E o PRIMAVES acabou adquirindo características de local aberto ao abrigo de animais encaminhados, em boa parte, em razão de apreensões por crimes como caça, contrabando e maus tratos, ou por irregularidades como posse ilegal e precariedade de custódia. Uma razão suficiente para que fosse criada a CONVIDAS (Associação para Conservação da Vida Silvestre), que daria cobertura jurídica e administrativa ao empreendimento.

Tanto as decisões iniciais como a natureza da atividade carregam, além de implicações administrativas e financeiras, questionamentos de ordem ética e técnica, do tipo: qual o sentido de uma atividade como a do PRIMAVES? Por que socorrer indivíduos que, afinal, uma vez  postos à margem de seu bando e de seu habitat não farão falta alguma, e que pertencem, de qualquer modo, a grupos sempre mais reduzidos pela perda de espaços naturais?

Bom, uma vez lembrado que a pergunta faz exatamente todo ou nenhum sentido também no caso humano, a resposta parece óbvia: vale a pena socorrer estes animais simplesmente porque se trata de indivíduos vivos. É esta a tese: antes de mais nada e em todos os casos; seja qual for a espécie, a eventual função ecológica ou biológica a ela atribuídas; acima de curiosidades científicas e de  envolvimentos sentimentais vale o fato que aquilo e aquele que existe veio para viver, para ser. O fato da vida encaminhar inevitavelmente para a morte não autoriza ações conscientes que a impedem de ser nem recusas de sustentação pelo tempo que lhe pertence.  Viver é a razão essencial da vida. Direito básico de todo organismo. Não perguntamos por que algo ou alguém existe nem se deve continuar existindo. Eventualmente, perguntaremos como este algo ou este alguém veio a existir e para que existe, dando por indiscutível a premissa de que toda vida, antes de mais nada,  seja qual for o perfil genético, veio  para ser vivida.

O homem, dos últimos a pisar na cena da existência, tomou conta do palco e distribuiu, para seu uso, prazer e consumo, papeis e funções e representações aos demais atores. No caso dos animais, trouxe uns para dentro de casa e os fez domésticos, destinou uns ao trabalho e os fez domesticados, prendeu e treinou, exibiu e caçou outros para distração,  entretenimento e alimentação, outros, ainda, confinou e melhorou para fins de abate e reprodução; e de mil maneiras dificulta a existência àqueles que por tamanho, hábitos ou aspecto conseguem sustentar a liberdade ou nunca  chegaram a chamar-lhe a atenção.

São casos infelizes desta última categoria que o PRIMAVES acolhe e a CONVIDAS mantém.

O Primaves – localizado na Vila do Distrito de Bela Vista, em Passo Fundo – pode ser visitado nas tardes do 1º e do 3º sábado do mês. Toda visita é guiada por pessoal local e a visita de grupos requer agendamento: tel. (54) 3198 3450;  (54) 9687 0110; e-mail: primaves@convidas.org.br

20150508100834169939705_g

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s